Manutenção na Proliga assegurada

A equipa do Atlético acabou por falhar o seu principal objectivo na jornada passada, ao perder no Pavilhão da Luz com o Benfica B (70-68), pelo que este jogo servia para cumprir calendário, já que apesar de ter terminado com os mesmos pontos do Esgueira, a turma da Tapadinha perdia no confronto directo com os aveirenses.

O Terceira Basket entrou para a última jornada com o 3º lugar da fase regular garantido, e consequente presença nos playoffs, pelo que no Pavilhão Engº Santos e Castro se encontraram duas equipas sem grandes preocupações e a cumprir calendário. Mesmo assim, ou por isso mesmo, acabou por se assistir a um bom jogo de Basquetebol, com os açorianos a saírem na frente do marcador no final do primeiro período (19-23). A experiente equipa do Atlético, assente na inspiração e talento de Tiago Magalhães, Jorge Afonso e Sérgio Ramos, foi equilibrando o marcador e ao intervalo a partida estava empatada (34-34).

A segunda parte trouxe um Atlético com vontade de vencer a partida, guardando a bola e obrigando os açorianos a fazerem faltas. Sérgio Ramos converteu 13 tentativas (de 13 tentadas), e se o terceiro período acabou com o Atlético na frente por apenas 3 pontos, na parte final da partida os alcantarenses chegaram a ter 12 pontos de vantagem, mas a partida acabou com 70-61 a favor do Atlético.


basket-final


22ª jornada, Proliga, 2014/15
Jogo no Pavilhão Eng. Santos e Castro (Tapadinha), em Lisboa.
ATLÉTICO 70-61 TERCEIRA BASKET
Parciais: 19-23; 15-11; 15-12; 21-15.
MVP: Sérgio Ramos (Atlético)

Atlético: Bruno Cunha (2 ressaltos), João Manuel (8 pontos, 1 ressalto e 2 assistências), Jorge Afonso (12 pontos, 4 ressaltos e 2 assistências), Hugo Aurélio (4 pontos, 6 ressaltos e 1 assistência) e Tiago Magalhães (16 pontos, 6 ressaltos e 1 assistência).
Jogaram ainda: Miguel Barroca (3 pontos, 3 ressaltos e 4 assistências), Miguel Araújo (1 ressalto), Paulo Fernandes, Sérgio Ramos (18 pontos, 7 ressaltos e 1 assistência), João Marques (4 pontos e 2 ressaltos), Raul Porto (3 pontos e 3 ressaltos) e Pedro Bagio (2 pontos e 6 ressaltos).
Treinador: Hugo Sousa.