Num jogo marcado por constantes alternâncias no marcador, muita irreverência e um ritmo de alta rotação sempre a “100 à hora”, a nossa rapaziada levou de vencida a turma do Odisseia Basket por 75-67.

Tendo em conta a média de idades e a forma de jogar de ambas as equipas, antevia-se uma partida muito equilibrada e onde a vantagem iria pender para quem soubesse aproveitar os erros do adversário e tirar partido de alguns pontos fortes, como o jogo interior.

Os jovens dos Olivais entraram a todo o gás, dispostos a demonstrar que queriam repetir a façanha da época passada onde nos derrotaram de forma clara. Á entrada de rompante, com vários pontos fáceis de contra-ataque respondeu o Atlético com a garra e a raça a que já nos habituaram esta época e conseguiram reduzir o ascendente inicial do adversário (que chegou a ser de 10 pontos),  tendo terminado o primeiro período com 25-31 favoráveis ao Odisseia.

No segundo período a equipa acertou a defesa e acalmou o jogo no ataque, tendo conseguido dar a volta ao marcador com um parcial de 16-9, que nos levou para o intervalo a vencer por 41-40.

O terceiro período do jogo foi bastante mal jogado por ambas as equipas e pessimamente apitado pelo árbitro de Lisboa que resolveu armar-se em protagonista, desatou a marcar faltas técnicas sem qualquer justificação, tendo castigado a nossa equipa com 5 em menos de 10 minutos.  Valeu que os jovens do Odisseia não souberam ou não foram capazes de tirar partido da desorientação e desconcentração da nossa equipa e não conseguiram melhor do que equilibrar o período com um parcial de 11-11.

No último período, os nossos rapazes entraram muito fortes e rapidamente conseguiram ganhar uma vantagem de 7 pontos que foi determinante para garantir a vitória apesar da reacção do Odisseia, fechando o período com um parcial de 23-16 e fixando o resultado final em 75-67.

Na fase decisiva do jogo o nosso jovem britânico Jermaine Mellis esteve imparável, tanto na tabela defensiva como no ataque onde converteu todas as bolas que lançou, mostrando todo o seu potencial.

A marcação foi repartida por todos os 9 jogadores utilizados. O marcador de serviço e MVP do jogo foi o Jermaine Mellis com 27 pontos anotados, seguido pelo Henrique Martins com 11. Á semelhança do quem sido apanágio da equipa esta época, este sucesso só foi possível devido ao esforço extraordinário de todos os jogadores utilizados, estando novamente de parabéns pela excelente vitória e pela forma como honraram as nossas cores.

No próximo fim de semana há jornada dupla, com o próximo jogo no Sábado dia 9/12, às 18.30 horas, na Cruz-Quebrada, desta feita perante um rival histórico, a Simecq, seguido de novo jogo na Tapadinha, no Domingo dia 10/12, às 17 horas perante o Farense, apelando-se à presença de sócios e adeptos para apoiar a nossa jovem equipa.

Pelo Atlético alinharam e marcaram: 4 – João Castel-Branco (8pts);  6 – João Silveira (4pts); 7 – Álvaro Cardoso (2pts);  8 – Henrique Nickel (2pts); 9 – Henrique Martins (11pts); 10 – João Teixeira (9pts); 12 – Nuno Filipe; 13 – António Castel-Branco (14pts); 14 – Ricardo Moreno (3 pts); 15 – Jorge Pires (9pts); 23 – Jermaine Mellis (27pts).