Estamos vivos!

O Atlético deu uma prova inequívoca, este domingo, de que se quer manter na Proliga, ao vencer um dos seus concorrentes directos, o Vasco da Gama, por 72-96, em jogo a contar para a 19ª jornada da Proliga.

Ao vencer por 24 pontos de diferença, o cinco da Tapadinha passou a ter vantagem no confronto directo com os portuenses, já que na primeira volta, em Lisboa, o Vasco da Gama tinha vencido por 8 pontos de diferença.

O Atlético foi superior desde o primeiro minuto, logo no primeiro período a equipa comandada por Hugo Sousa colocou-se na frente do marcador, de onde nunca mais saiu (parcial de 15-25) e ao intervalo já o Atlético vencia por 16 pontos (56-40).

Outro aspeto importante, em caso de igualdade pontual, o Atlético passa a ter vantagem no confronto directo, uma vez que tinha perdido por oito pontos de diferença no encontro da 1ª volta realizado na Tapadinha.

Na segunda parte, apesar de ter abrandado o ritmo, o Atlético continuou a sua marcha no marcador, não permitindo grandes veleidades aos vascaínos, tendo ganho os dois últimos períodos e “cavado” uma diferença pontual de 24 pontos.

Superiores nos lançamentos de campo, a turma alcantarense conquistou ainda 36 lances livres, além de 23 assistências.

O destaque individual vai para João Manuel, que fez 29 pontos, 4 ressaltos, 3 assistências e 3 roubos de bola, que fizeram dele o MVP da partida realizada no Parque das Camélias.


19ª Jornada, Proliga 2014/15
Jogo no Parque das Camélias, no Porto.
VASCO DA GAMA 72-96 ATLÉTICO
Parciais: 15-25; 25-31; 21-23; 11-17.

Atlético: Bruno Cunha (10 pontos), Miguel Araújo (7), Jorge Afonso (16), Pedro Bagio (14) e Hugo Aurélio (12).
Jogaram ainda: Tiago Magalhães (8) e João Manuel (29).
Suplentes não utilizados: Duarte Filipe, Raul Porto e André Cohen.
Treinador: Hugo Sousa