Espírito guerreiro num jogo de garra e atitude.
Resposta cabal da nossa rapaziada ao resultado negativo da primeira jornada. Se dúvidas haviam, os pupilos de Marco Pires dissiparam qualquer ponto de interrogação sobre a sua bravura, a sua valentia, a sua garra.

Hoje a equipa de juniores do Atlético mostrou que nem sempre é preciso nota artística para vencer. Muitas vezes é preciso lutar, é preciso querer mais que o adversário, travar batalhas e disputar cada palmo de terreno como se a própria vida dependesse disso.

O 1º Dezembro entrou melhor, logo aos 2 minutos um canto de Bruno Tiui obrigou Fragoso a defesa apertada. E aos 14, num momento de inspiração, Fábio remata de fora da área para um grande golo, que colocava o 1º Dezembro na frente do marcador.

Foi preciso cabeça fria. Puxar pelo orgulho, e partir atrás da vitória. Aos 26’ uma falha de comunicação entre Chana e Tomás quase foi aproveitada por Marinho. O mesmo Marinho que, volvidos três minutos, por pouco não marcava de cabeça ao segundo poste.

Parecia destino, mas esse já tinha escrito que o Atlético não iria em desvantagem para o descanso. Aos 43 minutos Marinho deambula pela área do 1º Dezembro e obriga Tomás a cometer grande penalidade. Figueiredo assume a responsabilidade e bate o guardião da equipa de São Pedro de Sintra.

Após o descanso a nossa rapaziada voltou com o mesmo espírito guerreiro, com vontade de marcar novo golo, e a entrada de Amaral fez com que a equipa ganhasse músculo e velocidade, obrigando o 1º Dezembro a bater bolas para a frente. Aos 52’ Amaral, após livre de Sandro Martinho na direita, atira ligeiramente ao lado.

O golo da vitória, esse, só surgiria a 9 minutos dos 90’. Joel Furtado tenta passar por Martim, e o jogador do 1º Dezembro corta a bola com o braço, falta dentro da grande área e nova grande penalidade para o Atlético. Novamente Figueiredo a assumir a responsabilidade, e com classe o ponta-de-lança mete a bola para um lado e guarda-redes para o outro.

O jogo não terminaria sem novo susto, com Fábio, de fora da área, a disparar ao ângulo da baliza alcantarense e Fragoso a voar para a defesa do jogo.

Fim do jogo, três pontos, e a certeza de que estes rapazes têm tudo para honrar as nossas cores.


2ª Jornada, Campeonato Nacional da 2ª Divisão de Juniores, 2015/16.
Jogo no Campo nº2 do Estádio da Tapadinha, em Lisboa.
ATLÉTICO 2-1 1º DEZEMBRO
Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Figueiredo (43’ gp e 81’ gp); Fábio (14’).

Atlético: Fragoso; Vítor Domingues, João Pedro, Tavares e Mário Simões; Sandro Martinho (C), Henrique Ribeiro (Joel Furtado, 78’), Sérgio Ferreira e Marinho (Amaral, 45’); Figueiredo (André Silva, 86’) e Ricky.
Suplentes: Sandro Mourão, Benny, Cunha, André Silva, Miguel Ramos, Joel Furtado e Amaral.
Treinador: Marco Pires.

1º Dezembro: Tomás; Miguel Martins, Chana (C), João Lopes e Bruno Tiui; Bruno Tibério, Martim e Dionísio (João Mendes, 69’); Sérgio, Fábio (Gonçalo, 74’) e Bruno (Emerson, 65’).
Suplentes: Diogo, João Mendes, Gui, Gonçalo, Heitor, Emerson e Ká.
Treinador: Ricardo Cristo.

Árbitro: Nélson Vieira (Leiria)
Acção disciplinar: cartão amarelo para Miguel Martins (24’), Tomás (43’), Dionísio (49’) e Sandro Martinho (80’). Cartão vermelho directo para João Pedro (90’+2).


2ª Jornada, Campeonato Nacional da 2ª Divisão de juniores, 2015/16.

Posted by Atlético CP – Futebol Juvenil on Sábado, 12 de Setembro de 2015