Vitória amarga.

O Atlético não evitou a descida ao Campeonato Nacional de Seniores, o que tornou a vitória sobre o CD Aves infrutífera, já que o SC Braga B empatou com Vitória SC B e salvou-se da descida, devido ao confronto directo.

Sabendo que mesmo que vencessem isso por si só não garantiria a manutenção, os comandados de Pedro Hipólito viram o CD Aves a entrar melhor na partida, com um livre directo cobrado por Jorge Ribeiro a criar dificuldades a Mickael Meira.

Com dificuldade em construir o seu jogo, o Atlético tentou assumir as despesas da partida, mas só na parte final da primeira parte conseguiu criar lances de perigo. A cinco minutos do intervalo, Quinaz, após bela jogada individual no lado direito, flectiu para dentro e, de pé esquerdo, remata forte, obrigando Rui Faria a defesa apertada. Já em cima do apito para o descanso, Palacios, após jogada de insistência, atira à barra da equipa avense.

Na segunda parte o Atlético entrou mais esclarecido, foi conquistando território e ganhou ascendente sobre o seu adversário. Foi com naturalidade que, aos 55′, a equipa da casa se adiantou no marcador, por intermédio de Roberto Cunha, que já dentro da pequena área emenda o remate de Palacios.

O Atlético ganhou confiança, estrangulou as ofensivas do CD Aves, e volta a marcar, aos 67 minutos, por Minor López, que corresponde da melhor maneira a um lançamento lateral de Pierre Mbemba.

Já em cima dos 90, Gregory fez o terceiro para a equipa da casa, mas o resultado foi amargo, já que mesmo com a vitória o Atlético não consegue evitar a despromoção.

2ª Liga 2014/15
18 Maio 2015 | Segunda-Feira | 17:00 H
Estádio da Tapadinha, em Lisboa.

ATLÉTICO 3-0 CD Aves
Marcadores:

1-0, Roberto Cunha (55′);
2-0, Minor López (67′);
3-0, Grégory (90′).

ATLÉTICO: Mickael Meira; Pierre Mbemba, Gregory e Tiago Duque; Pedro Almeida, Roberto Cunha, Jota, Quinaz (Bata, 88′), Kiki e Palacios (Manuel Liz, 68′); Minor López (Dady, 73′).
Suplentes: Igors Labuts, Vítor Almeida, Leandro Albano, Manuel Liz, Thomas, Dady e Bata.
Treinador: Pedro Hipólito.

CD AVES Rui Faria; Leandro (Chula, 67′), Miguel Vieira, Romaric e Jorge Ribeiro; Luís Manuel, Tito (Grosso, 81′), Renato Reis, Platiny, Mauro Caballero (Rafinha, 75′) e Pedro Pereira.
Suplentes: Fábio, Grosso, Júnior Pius, Ruben Neves, Marco André, Jorge Chula e Rafinha.
Treinador: Emanuel Simões.

Árbitro: Rui Oliveira (Porto).
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Platiny (25′ e 61′), Tito (28′), Quinaz (37′), Minor López (64′). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Platiny (61′).