Em face do comportamento dos adeptos do Atlético Clube de Portugal no jogo disputado em Tires, nas meias-finais da Taça da Associação de Futebol de Lisboa, o nosso Clube foi condenado na suspensão da Tapadinha por um jogo e em pena de multa.

Não queremos apurar responsabilidades, além das que estão a ser apuradas no Ministério Público, para efeitos criminais, quanto aos factos, gravíssimos, aliás, que estão relatados na decisão do Conselho de Disciplina da AFL. Mas salientamos que só a compreensão das entidades sobre a falta de responsabilidade do clube quanto aos mesmos ditou a condenação mínima a que nos sujeitaremos.

O Atletico Clube de Portugal é um baluarte da integridade do desporto e estará na linha da frente para combater a violência e promover o fair play, custe o que custar. Não admitiremos, assim, que o nosso nome seja chamuscado por adeptos que não se reconhecem na ética que nos norteia, nem permitiremos que uma situação destas se repita sem as devidas consequências disciplinares internas.

Esperamos que todos, todos mesmo, sejam parte da solução e que jamais se tornem o problema. Tomamos a devida nota do sucedido e actuaremos em conformidade.

Viva o Atlético Clube de Portugal