Faleceu aos 94 anos de idade Ernesto Oliveira, uma das grandes individualidades do Atlético Clube de Portugal da década de 1940 e 1950.

Nascido a 28 de Julho de 1921, em Lisboa, Ernesto Nogueira de Oliveira representou o Atlético Clube de Portugal durante mais de uma década ao mais alto nível em duas modalidades: Futebol e Basquetebol.
Este senhor, que jogava a guarda-redes, era conhecido pelos seus instintos felinos e agilidade, que tantas vezes salvaram a sua equipa. De 1945/46 a 1955/56 defendeu as redes da Tapadinha, onde efectuou 133 jogos a contar para o Campeonato Nacional da 1ª Divisão, onde alcançou um terceiro lugar em 1949/50 e duas finais da Taça de Portugal (1946 e 1949).

A sua estreia pelo Atlético ocorreu a 12 de Maio de 1946, em jogo a contar para a 20ª Jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, num empate a uma bola contra a União Desportiva Oliveirense.

Não foi apenas no Atlético que Ernesto exibiu as suas qualidades, também na selecção portuguesa o guardião mostrou a sua classe. Estreou-se no Estádio do Jamor, contra a poderosa Inglaterra de Alf Ramsey. Portugal perdeu por 3-5, e Ernesto fez a sua primeira internacionalização. Seguir-se-iam mais cinco.

Além do futebol, foi também internacional português no Basquetebol, também ao serviço do Atlético.

O Atlético Clube de Portugal endereça as mais profundas condolências à família e amigos.

Até sempre, e obrigado por tudo Ernesto.