Chegamos à quinta jornada da Fase de Manutenção da primeira divisão nacional de juvenis. O Atlético, depois de duas vitórias, saiu derrotado de Sacavém. Porém era algo que Luís Pinheiro já tinha preparado. O Treinador dos juvenis do Atlético queria que «fosse qual fosse o resultado, queria que os meus jogadores saíssem do jogo num bom momento». Todos os jogos são importantes, mas para Luis Pinheiro é fundamental «ganhar aos nossos concorrentes directos, que é contra quem jogamos este Domingo».

O Casa Pia encontra-se a quatro pontos do Atlético e Luís Pinheiro crê ser «fundamental» levar de vencida os “Gansos”. Para o técnico alcantarense, os casapianos têm «obrigação de ganhar» para evitar a despromoção. «Têm uma boa equipa, mudaram de treinador e reforçaram-se. Se estão na luta é porque têm qualidade» afirma. Com o campeonato em velocidade de cruzeiro, o Casa Pia tem de somar pontos e, perante um vizinho, vêm à Tapadinha obrigados a lutar pelos três pontos. Até porque «não há outro resultado que lhes interesse», remata o técnico alcantarense.

O mesmo se passa do lado de cá da barricada. «É um concorrente directo. E quanto mais cedo vencer-mos os nossos concorrentes directos, melhor. Não nos passa outra coisa pela cabeça que não seja a vitória», afirma.

Apesar de reconhecer que os adeptos têm comparecido, Luís Pinheiro lamenta «não ter sentido tanto apoio no último jogo em casa. Apesar de a equipa ter proporcionado um bom espectáculo. Espero que este Domingo os adeptos compareçam e puxem pela equipa.»

Domingo, às 11:00, Atlético – Casa Pia.

FORÇA ATLÉTICO!