O Atlético voltou a perder pontos na Divisão de Honra de Juniores, desta feita em Pero Pinheiro, de onde saíram derrotados por 3-1, em jogo da sétima jornada.

Com novo timoneiro – Paulo Bento deixou o comando técnico da equipa de Juniores, tendo sido substituído por Gil Velez -, a trabalhar desde segunda-feira, a nossa equipa surgiu com poucas alterações no desenho táctico, sobressaindo mais pela capacidade de luta, e sofrendo de ansiedade, o que levou a alguns erros que acabaram por não ajudar a equipa.

Já o Pero Pinheiro, líder desta Divisão de Honra, a par do Damaiense, esperava-se mais. Apesar da vitória, o conjunto da Serra de Sintra não mostrou ser um adversário intransponível, mas antes eficaz a explorar as situações de bola parada.

Depois de um período de trinta minutos, onde as defesas se sobrepuseram aos ataques, o Pero Pinheiro iria inaugurar o marcador quando o cronómetro marcava 32 minutos, na sequência de um pontapé de canto na esquerda, com a bola a aparecer ao primeiro poste e a ser desviada para o fundo da baliza de Ricardo Carolino. Escassos cinco minutos depois, e novamente num pontapé de canto, o Pero Pinheiro faria o segundo golo da partida, mas desta feita com a bola a aparecer ao segundo poste para a entrada de um jogador da equipa de Sintra.

Algo preso de ideias, e feridos pelos dois golos em cinco minutos, os nossos jovens só se recompuseram após o intervalo. Logo no pontapé de saída Rui Craveiro por pouco não surpreende o guardião adversário, que se vê obrigado a ceder canto após um remate na linha divisória. O Pero Pinheiro responde na mesma moeda, aos 54′, criando ocasião flagrante, que Paulo Barros nega com excelente intervenção em cima da linha de golo.

Por cima do jogo, mas sem criar grandes lances de perigo, o Atlético volta a sofrer novo golo, aos 73′. E novamente… num pontapé de canto. Com a bola a sobrevoar a área e a aparecer ao segundo poste, onde um jogador do Pero Pinheiro aparece solto de marcação a cabecear para o terceiro golo da sua equipa.

Gil Velez mexe na equipa, muda de formação táctica, e o Atlético passa a comandar as operações. Pouco depois iria marcar o seu tento de honra, aos 77′. Livre de Leandro Correia na esquerda, Paulo Barros toca para Leandro Mendes que remata rasteiro à entrada da área e bate o guardião do Pero Pinheiro.

Logo de seguida nova oportunidade que poderia ter mudado a história do jogo, quando aos 83′ Miguel Antunes varia o centro de jogo e descobre Tiaguinho solto na ala esquerda, mas o lateral do Atlético acaba por ver o seu remate ser cortado em cima da linha pelo capitão do Pero Pinheiro.

O jogo acabaria com o Atlético por cima, mas sem mais ocasiões de perigo, e com a terceira derrota da época para a equipa do Atlético.

Divisão de Honra, 2016/17
12 de Novembro de 2016 | Sábado | 15:00H
Jogo no Parque de Jogos Pardal Monteiro, em Pero Pinheiro (Sintra).

PERO PINHEIRO 3-1 ATLÉTICO
Marcadores:
1-0, Pero Pinheiro (32′);
2-0, Pero Pinheiro (37′);
3-0, Pero Pinheiro (73′);
3-1, Leandro Mendes (77′).

ATLÉTICO: Ricardo Carolino; Gogas, Augustus (C), Paulo Barros e Tiaguinho; Miguel Antunes, Miguel Gomes (Leandro Mendes, 45′) e Luís Viana (Rivaldo, 45′); André Martins (Marcelo Silva, 74′), Rui Craveiro (Tomás Chagas, 74′) e Paulo Andrade (Leandro Correira, 59′).
Suplentes: Kevin Tavares, Tomás Chagas, Rivaldo, Leandro Correia, Flávio Velez, Leandro Mendes e Marcelo Silva.
Treinador: Gil Velez.