Marco Pires é o treinador da equipa de Juniores A do atlético Clube de Portugal. É já amanhã que a sua equipa joga mais um capítulo rumo ao objectivo que todos esperamos ser atingido no final da temporada: a subida de divisão.

Marco, a equipa está preparada para o jogo contra o Louletano?
Preparados para mais uma vitória, assim esperamos. É aquilo que procuramos, os objectivos que temos. Subir de divisão. Temos que aumentar, cada vez mais, a distância para os que estão atrás de nós.
Em nossa casa mandamos nós. Não há dúvidas sobre isso. Estamos mais que preparados.

O Atlético partilha a liderança com o Portimonense…
Temos dois ciclos até encontrar o Portimonense (que lidera a classificação a par do Atlético), para já é importante ganhar ao Louletano. Fazer os 12 pontos, ir ao Barreiro (O barreirense está 3 pontos atrás de nós), aumentar a diferença para 6. Depois temos 3 jogos, onde dois deles são fora em campos difíceis (Lusitanos de Évora e São Luís). Depois novo ciclo de três jogos até encontrar o Portimonense. São jogos em que temos de estar bem, para depois os vencer em casa.

O objectivo está bem definido?
O objectivo é subir de divisão, não há outro. Passar à fase de promoção, e depois o que vier além disso é um proveito nosso. Depois de alcançar a promoção podemos lutar por mais qualquer coisa.

O apoio é importante, queres deixar uma palavra aos sócios e adeptos?
Não me posso queixar assim tanto, mas tenho pena. A massa adepta do Atlético, principalmente as pessoas mais velhas que acompanham os jogos dos seniores, não estejam tão presentes nas camadas jovens. Isso deixa-nos tristes, obviamente. Mas mesmo assim não tenho muito que me queixar. Temos tido bastante gente. Mas, realmente, massa adepta, aqueles que são atléticos desde pequeninos, tenho pena que não estejam tão presentes.