Hoje completamos um ano nos órgãos sociais do Atlético Clube de Portugal, completando um dos ciclos mais difíceis de que há memória: um ano em que se fez tanto, mas que antecipa muito mais por fazer.

Se face ao que foi feito, um ano parecem dez, perante o estado em que o Atlético Clube de Portugal ainda se encontra, este ano foi um só dia.

É, assim, num misto de sentimentos que nos dirigimos a vós, sócios, património imaterial do Atlético: aliviados porque conseguimos salvar o clube dos primeiros embates, preocupados porque a situação financeira é absolutamente deficitária e assenta em décadas de descontrolo da dívida do Clube.

Sucede, porém, que quem nos conhece sabe que é nas dificuldades que encontramos desafios: o Atlético Clube de Portugal é viável e a breve trecho apresentará condições de respeitar e honrar seus compromissos, lutando por vitórias em todos os campos que se bata.

Por isso mesmo, decidimos avançar com a projecção do Clube a 20 anos, apostámos no futebol masculino e feminino, na formação e nas modalidades, ambicionando, na próxima época desportiva, apresentar a prática de outros desportos no nosso complexo desportivo, na solução definita da questão da SAD e na resposta à dívida acumulada por diversos departamentos, sublinhando o problema que tem sido a gestão do Bingo.

A nossa luta é feita no dia a dia e aí somos claros: o próximo ano será o da resolução da dívida e equilíbrio das contas, de forma a que o saldo mensal seja positivo. Só assim o Atlético sobreviverá entre os grandes, lugar que é seu por direito próprio.

Uma última palavra para aqueles que mais sofrem com o estado do nosso Clube, os trabalhadores: agradecendo-vos todos os sacrifícios, dedicação e esforço para que a situação se inverta, sendo, todos, parte da recuperação a que diariamente assistimos, pedimo-vos desculpa, em nome do Atlético, por ainda não termos as condições que todos merecem. Não vos respeitar é não respeitar a base popular e humilde do nosso Clube, o espírito da sua Fundação!

Viva o Atlético Clube de Portugal!