Como por diversas vezes foi salientado pelos Órgãos Socias em funções, saudamos a presença de 3 listas concorrentes às eleições do Clube do próximo dia 22 de Maio de 2016 o que, sem dúvida, constitui exemplo de vitalidade do Atlético Clube de Portugal.

Porém, face à investida sistemática e caluniosa levada a efeito por uma das listas concorrentes, que culminou com um panfleto distribuído aos sócios no dia 14 de Maio no 2016, importa tecer as seguintes considerações:

1. O referido panfleto, atenta as graves afirmações produzidas, coloca em causa o bom nome e a honra dos membros dos actuais Órgãos Sociais, uma vez que produz acusações graves e não fundamentadas;
2. Com efeito, no referido panfleto é dito que o Clube está em sério risco de acabar. Nada mais falso e sem qualquer contacto com a realidade do Atlético Clube de Portugal!
3. A verdade nua e crua desmente, sem qualquer dúvida, tal afirmação!
4. Com efeito, o Relatório e Contas relativo ao ano de 2015, foi aprovado sem votos contra, na Assembleia Geral do Atlética Clube de Portugal realizada no passado dia 07 de Maio de 2016, na qual se encontrava presente o autor de tais afirmações caluniosas;
5. O saldo positivo apresentado pelos actuais Órgãos Sociais comprova a vitalidade do Clube e testemunha a mentira do candidato;
6. Mais, como ali se encontra plasmado, o Atlético Clube de Portugal, no mandato dos actuais Órgãos Sociais, aumentou o seu património, melhorou as condições para a prática desportiva das diversas modalidades, acolheu e promoveu a prática de novas modalidades, caso do Triatlo e do Hóquei em Campo;
7. Por outro lado. os actuais Corpos Sociais orgulham-se do saneamento económico e financeiro do Clube;
8. Assim, a afirmação de que “…o Atlético Clube de Portugal corre o sério risco de acabar!” não tem nada a ver com a actual realidade do nosso Clube: demonstra ignorância e até má-fé, e coloca em causa a honra e o bom nome dos actuais Corpos Gerentes.

Para terminar, os Órgãos Sociais do Atlético Clube de Portugal apelam aos associados que integram as listas candidatas aos próximos Corpos Gerentes para usarem de elevação na disputa em curso e não cederem ao desespero procurando atacar, de forma baixa, aqueles que têm dado o seu melhor na defesa dos altos interesses do Atlético Clube de Portugal.
VIVA O ATLÉTICO!

Pelos Órgãos Sociais,
O Presidente da Direcção,
José de Almeida Antunes