A direcção do Atlético Clube de Portugal, e os restantes membros dos corpos directivos, cumprem o doloroso dever de participar o falecimento do nosso amigo, associado e companheiro, Álvaro Roxo, eterno roupeiro do nosso Clube durante várias décadas.

Homem dedicado e trabalhador, com uma disponibilidade ímpar para com o nosso Clube, deixa-nos, com toda a certeza, mais pobres, e o seu desaparecimento enlutece toda a nação alcantarense.

O corpo estará amanhã (domingo) a partir das 15h na Igreja de Alcântara, com o funeral a realizar-se segunda-feira, pelas 11 horas, no cemitério da Ajuda .

O Atlético Clube de Portugal endereça as mais sentidas condolências à família e amigos pelo desaparecimento do nosso Álvaro.

A Direcção do Atlético Clube de Portugal.