ACPFundado a 18 de Setembro de 1942, fruto da fusão entre o Carcavelinhos Football Club e o União Foot-ball Lisboa, desde logo o Atlético Clube de Portugal passou a integrar as competições desportivas da época. Num Portugal cinzento e dominado pelos clubes de sempre, o Atlético foi uma lufada de ar fresco e sempre incómodo para os chamados “grandes”.

Em 1951, por efeito da obra cultural e desportiva do Atlético, face aos esforços desenvolvidos em prol do prestígio do Desporto Nacional, foi atribuído ao Clube o grau de Oficial da Ordem Militar de Cristo.

Em 1981 foi concedido ao Atlético Clube de Portugal o estatuto de Instituição de Utilidade Pública.

Finalmente, em 1992, por altura das comemorações do cinquentenário da fundação do Atlético, a Câmara Municipal de Lisboa deliberou atribuir ao Clube a Medalha de Mérito Municipal, grau Ouro, enquanto que o Governo da República decidiu galardoá-lo com a Medalha de Bons Serviços desportivos.

Década 1940-49
Logo na época da sua fundação, 1942/43, o Basquetebol do Atlético conquistaria o primeiro de muitos títulos. O Campeonato de Lisboa ficaria na posse do nosso clube, com um ponto de vantagem sobre o Unidos. Na temporada seguinte, 1943/44, mais dois títulos. À conquista da 2ª Divisão Nacional juntar-se-ia a Taça de Portugal, a primeira conquistada pelo nosso clube.

No Futebol, em 1944/45, o Atlético conquistaria a 2ª Divisão Nacional, após um sexto lugar no Campeonato de Lisboa e presença nos quartos-de-final da Taça de Portugal. Seria nesta década que o clube alcançaria duas finais da Taça de Portugal, em 1943 e 1946. Além de meritórias prestações na 1ª Divisão, como o 3º lugar em 1943/44,

Década 1950-59
Pela primeira vez um título nas camadas jovens, com os Juniores do Futebol a conquistarem a Taça de Honra da Associação de Futebol de Lisboa, em 1951/52. Já os seniores, venceriam, novamente, a 2ª Divisão Nacional em 1958/59. Esta foi uma década onde alguns dos nomes que povoam o nosso imaginário envergaram a camisola do Atlético. Ernesto, Germano, Ben David, Avelino, Baptista ou José Lopes tiveram brilhantes actuações na Divisão maior do Futebol português, obtendo um 3º lugar em 1949/50, e um 4º em 1950/51.

O Basquetebol voltou a conquistar a Taça de Portugal, em 1953/54.

Década 1960-69
O Futebol voltou a conquistar um título nacional, numa década escassa em troféus. Em 1967/68 o Atlético voltava a inscrever o seu nome na lista de vencedores da 2ª Divisão Nacional.

Década 1970-79
Uma década marcada pelas conquistas das modalidades, com o Basquetebol a conquistar o Campeonato Nacional de Juvenis em dois anos consecutivos, 73/74 e 74/75, conquistas que tiveram seguimento no Campeonato Nacional de Juniores em 75/76 e na 2ª Divisão Nacional em 76/77. O Andebol conquistou a 2ª Divisão Nacional em 1971/72.

Estas conquistas vieram provar que a decisão de construir o Pavilhão Engº Santos e Castro foi acertada, já que jogando em casa o Atlético demonstrou-se imbatível, e uma equipa temida nas suas modalidades de pavilhão em todo o território nacional.

A década de 70 fica marcada pela última presença do Atlético na 1ª Divisão de Futebol, na época de 1976/77.

Década de 1980-89
Uma das décadas mais proveitosas em termos de títulos para o Atlético. O Futebol venceu a Taça de Honra da 3ª Divisão em 80/81 e a Taça de Honra da 2ª Divisão em 87/88, enquanto que os juniores venciam a mesma competição em 84/85 e 87/88. O Futebol feminino vencia a Taça de honra em 81/82.

As modalidades de pavilhão também dariam títulos, neste caso nacionais. O basquetebol veria os juvenis vencerem o Campeonato Nacional em 87/88, e os Juniores em 89/90.

O Voleibol feminino conquistaria a Taça de Portugal por três épocas consecutivas, 81/82, 82/83 e 83/84, tendo representado o Atlético além fronteiras, na Taça dos Vencedores das Taças.

Década de 1990-99
No futebol os juniores voltaram a conquistar a 2ª Divisão da Taça de Honra, em 91/92.

Esta década fica marcada pelo aparecimento de uma nova modalidade no clube. O Futsal, que veio substituir o Futebol de Salão e o Futebol 5, desde o início que foi uma das mais fortes equipas a nível nacional, com vários jogadores internacionais a passar pelo Pavilhão Engº Santos e Castro. A nível de conquistas, as vitórias na 1ª Divisão da Taça de Honra em 90/91 e 91/92, e a Taça de Honra da Comunicação Social em 90/91, complementam as boas prestações no Campeonato Nacional, onde o Atlético participou em várias fases finais, tendo alcançado o segundo lugar em 93/94.

Década de 2000-09
O Futebol voltou às conquistas, com a 3ª Divisão Nacioanl em 03/4 e 05/06, e a subida da equipa de juniores aos Nacionais, com a conquista da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Lisboa em 05/06.

O Basquetebol veria a sua formação dar frutos, ao conquistar a Taça Nacional de Sub-20 em 2006/07.

Década de 2010
O futebol fica marcado pela subida à Segunda Liga em 2010/11, num regresso às competições profissionais. Além disso, o título inédito nos juniores, que conquistaram a 2ª Divisão Nacional em 2012/13.

Destaque também para o Basquetebol, que conquistou o Campeonato Nacional da 1ª Divisão, terceiro escalão do Basquetebol nacional, numa final frente ao Vasco da Gama, em 2013/14, que devolveu o clube à Proliga

O Futsal viveu também momentos de glória, com a conquista da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Lisboa, em 2012/13. Na temporada seguinte, nova promoção, com o clube a regressar à 2ª Divisão Nacional, oito anos depois.