O Carcavelinhos Football Club foi fundado em 14 de Fevereiro de 1912 em Lisboa, no bairro de Alcântara tendo pertencido à Associação de Football de Lisboa.

O Carcavelinhos em 18 de Setembro de 1942 após fusão com o União Foot-Ball Lisboa, dando origem ao Atlético Clube de Portugal. Jogava no antigo Campo da Tapadinha, onde se situa actualmente o Estádio da Tapadinha.

Ganhou um Campeonato de Portugal, na temporada de 1927/28, tendo ganho ao Salgueiros por 8-1 nos quartos-de-final, por 3-0 ao Benfica nas meias-finais e por 3-1 ao Sporting na final da competição, com golos de José Domingues, que bisou, e Manuel Rodrigues. O treinador era Carlos Canuto, que acumulava a função de técnico com a de jogador e que mais tarde viria a ser árbitro.

Na final do Campeonato de Portugal de 1927/28, realizada em Lisboa a 30 de Junho de 1928, o Carcavelinhos alinhou com o seguinte XI: Gabriel Santos; Carlos Alves e Abreu; Artur Pereira, Daniel Vicente e Carlos Domingues; Manuel Abrantes, Armando Silva, Carlos Canuto, José Domingues e Manuel Rodrigues.

Os golos foram marcados por José Domingues (20′), 2-1 José Domingues (53′) e Manuel Rodrigues (75′)

Além do Campeonato de Portugal, venceu por duas vezes a II Divisão (1934/35 e 1938/39).

Dos dois clubes que deram origem ao Atlético Clube de Portugal o Carcavelinhos é aquele que conta com mais participações no principal escalão do futebol português.

A estreia aconteceu na temporada 1935/1936, já depois de ter conquistado o grande título da sua história, o Campeonato de Portugal (prova antecessora da Taça de Portugal e a mais importante do futebol luso na altura) em 1927/1928.
Em 1935, o campeonato era composto por oito equipas e o Carcavelinhos ficou na sétima posição, à frente da Académica, com seis pontos, frutos da única vitória conseguida (2-1 ao Boavista) e dos empates com o Belenenses (1-1), Académica (1-1), Sporting (1-1) e Benfica (0-0).

Em 1936/1937, o Carcavelinhos terminou o campeonato na sexta posição com nove pontos, ficando à frente do Vitória de Setúbal e do Leixões. Duas vitórias contra a Académica (1-0 e 1-2), outra diante do Vitória de Setúbal (1-0) e outra contra o Leixões (4-0), além de um empate em casa com o FC Porto (0-0), foram a razão dos pontos conquistados.

Na época de 1937/1938, o clube do bairro de Alcântara alcançou a melhor classificação de sempre, terminando o campeonato no quarto lugar com 11 pontos, embora com uma distância considerável para o trio da frente composto por Benfica, FC Porto e Sporting, respectivamente. Os dois triunfos frente ao Académico do Porto (0-4 e 2-0) e aqueles obtidos contra o Belenenses (1-0), Académica (2-1) e Barreirense (1-2), além do empate com a formação do Barreiro (2-2), foram os responsáveis pela melhor posição obtida.

Após um ano em que venceu a II Divisão Nacional o Carcavelinhos voltou a competir no principal escalão (em 1939/1940), numa altura em que a prova já contava com dez equipas em vez de oito. O clube ficou à frente do Académico do Porto, do Leixões e do Vitória de Setúbal, amealhando dez pontos graças aos triunfos frente a estes adversários (0-2 aos sadinos, 1-3 e 3-2 ao portuenses, 5-2 ao matosinhenses) e aos empates também com o Vitória de Setúbal (0-0) e Académica (2-2).

Em 1941/1942 registou-se a última participação do Carcavelinhos no campeonato. Já com 12 equipas em competição, os lisboetas ficaram na nona posição com 14 pontos, à frente de Académico do Porto, Vitória de Guimarães e Leça. Cinco vitórias (0-3 e 3-1 ao Leça, 2-1 ao Vitória de Guimarães, 2-3 ao CF Os Unidos e 6-0 ao Académico do Porto), além de quatro empates (2-2 com o Barreirense e com o Belenenses, 3-3 com o FC Porto e 1-1 com o Académico do Porto) compõem o último registo do clube.

Palmarés

Carcavelinhos Futebol Clube

Futebol
Campeonato de Portugal: 1 vez vencedor (1927/28).
2ª Divisão Nacional: 2 vezes vencedor (1934/35 e 1938/39).
Taça de Honra 2ª Categoria – AF Lisboa: 5 vezes vencedor (1923/24, 1924/25, 1927/28, 1933/34 e 1936/37).
Taça de Honra 4ª Categoria – AF Lisboa: 1 vez vencedor (1925/26).
Taça de Honra Juniores – AF Lisboa: 2 vezes vencedor (1937/38 e 1941/42).